Recolha seletiva de resíduos porta-a-porta alargada na Maia

O projeto “Ecoponto em casa”, que promove a recolha de resíduos seletiva porta-a-porta vai ser alargado aos prédios sem compartimentos integrados no edifício, na Maia. Para que a iniciativa seja bem sucedida e chegue a mais de 600 novos alojamentos, está a decorrer uma campanha de sensibilização.

Os habitantes dos alojamentos em causa podem receber novos equipamentos que estão a ser distribuídos como sacos reutilizáveis para a correta separação. A deposição é feita através de contentores exclusivos de cada prédio, para os quais existe uma chave própria. Os ecopontos – neste caso armários metálicos – visam a separação de papel e cartão, plástico e embalagens e vidro. 

“O alargamento deste projeto vem trazer vantagens individuais a todos os Maiatos e contribuirá para o alcance do desígnio estabelecido pela Câmara Municipal da Maia de alcançar sustentabilidade integral no território concelhio”, descreve a Presidente do Conselho de Administração da Maiambiente, Marta Peneda.