Circuito de Contemplação está concluído e é inaugurado este sábado

O Circuito de Contemplação de Valongo está concluído e vai ser oficialmente inaugurado no próximo sábado, dia 10 de julho. Ao longo dos cerca de 30 quilómetros de circuito, o visitante tem a possibilidade de descansar e apreciar a paisagem, aproveitando para registar fotograficamente a sua passagem pelo território nos três baloiços (Monte Alto/Sanatório, Santa Justa/Campo de Tiro, Quintarei /Marco Geodésico) e nos três imponentes tronos Romanos (Miradouro de Santa Justa, Vale da Tranquilidade e Alto de Pias).

Com elevações entre 350/400 metros acima da linha do mar, é possível usufruir de vistas magníficas sobre o Porto, Vila Nova de Gaia, Maia e Matosinhos, isto para o lado da faixa costeira. Para o interior, permite desfrutar de vales e serras. Em dias de boa visibilidade, permite visualizar até à Serra do Marão.

O investimento global no Circuito de Contemplação foi de 42.681€, incluindo a construção e implantação dos baloiços e dos tronos romanos, bem como a produção e colocação de sinalética específica, com levantamento e mapeamento do percurso geral, bem como dos acessos rápidos. O Trono do Miradouro na Santa Justa foi equipado com rampas para ser acessível a pessoas em cadeira de rodas.

“Continuamos a ativar o território. Esta nova infraestrutura vem completar um ciclo de investimento de aproximadamente 750.000€ nas nossas serras e insere-se na rede de equipamentos de lazer e desporto ao ar livre «Valongo inOutdoor», que inclui já os Centros de BTT, de Trail Running, de Percursos Equestres e de Escalada e também os Centros de Marcha e Corrida de Valongo e de Ermesinde. Em breve, avança a construção da Escadaria Cuca Macuca, na Serra de Santa Justa”, salienta José Manuel Ribeiro, Presidente da Câmara de Valongo, sublinhando a importância destas infraestruturas de fruição livre e gratuita para a manutenção/recuperação da saúde física e mental da população no período pós-pandemia.

Para o autarca que também preside ao Conselho Executivo do Parque das Serras do Porto, “estas infraestruturas representam uma poderosa mais-valia não só para a dinamização das Serras do Porto, mas também para toda a Área Metropolitana, onde o concelho de Valongo se assume como a Capital do Desporto Outdoor”.

Além da beleza das Serras de Santa Justa e Pias, que fazem parte do Parque das Serras do Porto onde outrora habitavam as trilobites e mais tarde os Romanos exploraram ouro, estes circuitos servem também de ponto de partida para a descoberta da imensa riqueza territorial existente nas vilas de Campo e Sobrado e nas cidades de Alfena, Ermesinde e Valongo. Além das Serras e Rios, destacam-se a centenária tradição do Biscoito e da Regueifa, a arte do Brinquedo Tradicional Português, a espetacular tradição das Bugiada e Mouriscada, a riqueza da Ardósia e impressionantes Monumentos Religiosos.