Multinacional francesa cria centro de engenharia e inovação na Maia

A francesa Alstom inaugurou, esta quarta-feira, as instalações do novo centro de engenharia e inovação, na Maia. Vai dedicar-se à criação de sistemas de sinalização para a ferrovia, principalmente para exportação. A notícia foi avançada pelo jornal online Notícias Maia.

Nesta fase inicial, foram criados 25 postos de trabalho, mas continuar a crescer é o plano da multinacional francesa. A nova oficina vai permitir controlar o movimento dos comboios à distância, através de sistemas de hardware e software, à semelhança do que já acontece com a Metro do Porto, cliente da Alstom.

Além da vertente tecnológica, este centro de engenharia e inovação vai contar com armazém e logística, além de um pequeno centro de reparações. Recorde-se que a Alstom é responsável pela produção de dois em cada três comboios portugueses, estando no concurso para fabricar 117 novos comboios para a Comboios de Portugal (CP).

Para o Presidente da Câmara Municipal da Maia, António Silva Tiago, esta é uma notícia positiva, uma vez que este novo centro “vem aportar valor ao nosso vibrante e dinâmico ecossistema económico e social, para o qual contribui uma comunidade empresarial forte, muito determinada e afirmada, quer a nível nacional, como no contexto do mercado global, que desafia permanentemente a sua capacidade de empreender, investir e, principalmente, de inovar”, disse à agência Lusa.

“Abrir um centro de engenharia e inovação num país é uma decisão estratégica importante e, sem dúvida alguma, é uma demonstração de crescimento futuro”, defendeu o diretor-geral da Alstom Portugal, David Torres.

Seja o primeiro a comentar em "Multinacional francesa cria centro de engenharia e inovação na Maia"

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.


*


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.