Mais dinheiro para municípios e freguesias de Valongo, Gondomar, Maia e Paredes

Segundo informação dada pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR N), os 86 municípios da Região do Norte vão receber do Estado, em 2020, cerca de 985 milhões de euros. Em relação ao ano anterior verifica-se um aumento de perto de 88 milhões de euros, resultante da revisão em termos percentuais e de, pela primeira vez, existir uma distribuição pelos municípios do valor do IVA cobrado nos setores do alojamento, restauração, comunicações, eletricidade, água e gás.

No caso da nossa área, Valongo vai receber 12.248.517 euros, mais 1.263.610 euros que no ano passado.
O município da Maia vai receber 15.630.707 euros, ou seja, um aumento de 1.899.837 euros em relação a 2019.
No caso de Gondomar o valor a receber este ano é de 21.999.581 euros, ou seja, mais 2.215.057 euros.
E quanto a Paredes, o aumento é de 2.011.486, ou seja, vai receber 16.319.698 euros.

Quanto às transferências para as Freguesias – Participação dos Freguesias nos Impostos do Estado – 2020, o valor é o seguinte para as freguesias de Valongo, Maia, Gondomar e Paredes.

No concelho de Valongo, Alfena vai receber 155503 euros, Ermesinde, 315227 euros, Valongo 205432 e Campo e Sobrado 227498 euros.

No concelho da Maia: Águas Santas vai receber 201678 euros, Folgos a69118 euros, Milheirós 61428 euros, Moreira 110796 euros, São Pedro de Fins 46252 euros, Vila Nova da Telha 71676 euros, Pedrouços 11841 euros, Castêlo da Maia 260919 euros, Cidade da Maia 375552 euros e Nogueira e Silva Escura110078 euros.

No concelho de Gondomar: Lomba recebe 80797 euros, Rio Tinto 363839 euros, Baguim do Monte 132153 euros, UF Fânzeres e São Pedro da Cova 378591 euros, UF Foz do Sousa e Covelo 187328 euros, UF Gondomar (S. Cosme), Valbom e Jovim 452944 euros e UF Melres e Medas 170072 euros.

No concelho de Paredes: Aguiar de Sousa 6952 euros, Astromil 30273 euros, Baltar 64399 euros, Beire 43127 euros, Cete 46440 euros, Cristelo 31270 euros, Duas Igrejas 58467 euros, Gandra 84932 euros, Lordelo 117432 euros, Louredo 33791 euros, Parada de Todeia 39028 euros, Rebordosa 112906 euros, Recarei 70461 euros, Sobreira 76432 euros, Sobrosa 43761euros, Vandoma 42299 euros, Vilela 64881 euros e Paredes 285741 euros.