Mercadona Apoia CATs no norte de Portugal

  • A Mercadona associa-se aos Centros de Acolhimento Temporário do Norte do país para doar produtos essenciais ao bom funcionamento dos centros (onde está incluído o CAT de Valongo no Pavilhão Municipal).
  • Esta ação insere-se no Plano de Responsabilidade Social da Mercadona que este ano já doou mais de 200.000 quilos a diversas instituições fazendo frente a esta situação de crise e contribuindo deste modo para alimentar famílias mais carenciadas.

A Mercadona reforça o seu Plano de Responsabilidade Social durante a situação de crise de saúde causada pela Covid-19 que atualmente atravessa o nosso país. Além de colaborar com diversas instituições que ajudam no apoio a famílias carenciadas, a empresa tornou-se parceira dos 6 Centros de Acolhimento Temporário que acolhem utentes das Estruturas Residenciais para Pessoas Idosas (ERPI) e dos Lares Residenciais (LR) infetados com Covid-19.  

Estes 6 centros, estão localizados na região norte de Portugal, mais concretamente no Porto, Viana do Castelo, Braga, Bragança, Aveiro e Vila Real, com capacidade para apoiar cerca de 340 pessoas idosas. Num primeiro envio a Mercadona doou 11.500 kilos de produtos sendo que o apoio vai continuar ao longo dos 3 meses em que estes centros vão estar em funcionamento.

Esta primeira doação foi realizada, no dia 27 de abril, à Autoridade Nacional de Proteção Civil com o objetivo de dotar os centros de produtos essenciais como água, lixívia, gel sanitário, papel higiénico e toalhetes. O material entregue nas instalações do Regimento de Transmissões, no Porto, local utilizado para apoio logístico, será agora distribuído pelas Forças Armadas nos seis Centros de Acolhimento Temporário.

O Secretário de Estado da Mobilidade e Coordenador Regional Norte da Covid-19, Dr. Eduardo Pinheiro, destaca que: “Este momento obriga a que todos dêmos o melhor de nós, cidadãos e Instituições. Com o presente donativo, a Mercadona dá um bom exemplo de solidariedade e de cooperação. A conjugação de esforços permite-nos assim dar mais e melhores respostas. O nosso obrigado.”

Elena Aldana, Diretora-Geral Internacional Relações Externas da Mercadona, afirma que: “A Mercadona está, como sempre esteve, comprometida com iniciativas que visam partilhar com a sociedade tudo o que dela recebe. Por isso estamos a reforçar o nosso plano de apoio social através de doações a várias instituições. Dentro deste plano de ação social aceitámos prontamente contribuir para esta causa, que visa o apoio a pessoas idosas e a manutenção destes Centros de Acolhimento na região norte, região que sempre tão bem nos recebeu.”

A Mercadona, com o compromisso de partilhar com a Sociedade parte do quanto dela recebe, desenvolve o Plano de Responsabilidade Social, comentado anteriormente, que aborda o componente social e ético através de diferentes linhas de atuação sustentáveis que reforçam a sua aposta pelo crescimento partilhado. Entre Janeiro e Abril de 2020, a Mercadona doou mais de 200.000 quilos de produtos de primeira necessidade a entidades sociais tais como Bancos Alimentares de Aveiro, Braga e Porto, Cruz Vermelha Portuguesa, Cáritas Portuguesa, Hospital São João, Hospital das Forças Armadas e ao refeitório social da União de Freguesias do Centro Histórico do Porto.

Além das doações, acima referidas, a empresa colabora diretamente a partir das suas 10 lojas com 10 Cantinas Sociais. Trata-se de uma colaboração diária, de segunda a sexta-feira, todas as semanas, que consiste na entrega de bens essenciais, alimentares e não alimentares, que são retirados das prateleiras das lojas e se encontram em ótimas condições para consumo, garantindo sempre a máxima segurança alimentar.

Na região Norte de Portugal, estão em funcionamento 6 Centros de Acolhimento Temporário nos seguintes locais: 
Viana do Castelo, Pousada da Juventude, 50 camas; Morada: Rua de Limia, 4900-405 Viana do Castelo.
Porto, Pavilhão Municipal de Valongo, 50 camas; Morada: Av. dos Desportos 181, 4440-452 Valongo;
Vila Real, CIFOP Vila Real (UTAD), 40 camas; Morada: Rua Dr. Manuel Cardona, Vila Real;
Braga, Hotel D. João Paulo II, Braga, 90 camas; Morada: Santuário de Nossa Senhora do Sameiro, Av. Nossa Sra. do Sameiro 44, 4715-616 Braga;
Aveiro Norte, Casa Ozanam, 32 camas; Morada: Rua Da Escola, 5, S. João De Ver, Aveiro 4520;
Bragança, Pavilhão Arnaldo Pereira – Bragança, 74 camas; Morada:Rua Dom Sancho I 2A, 5300-263 Bragança;

Be the first to comment on "Mercadona Apoia CATs no norte de Portugal"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.