Prisão preventiva por violência doméstica, na Maia

O Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas do Porto, ontem, dia 28 de janeiro, deteve um homem com 47 anos, por violência doméstica, no concelho da Maia.

No âmbito de uma investigação, a GNR apurou que o suspeito, com problemas do foro psiquiátrico graves, durante os últimos vinte anos, agredia física e psicologicamente a vítima, sua tia e cuidadora, de 69 anos, sendo extremamente violento quando estava descompensado, chegando a destruir ou danificar o interior da habitação. Nos últimos meses verificou-se uma escalada do comportamento violento do suspeito, devido ao agravamento da sua saúde mental, motivo que levou à sua detenção.


O detido foi presente a 1º interrogatório judicial, ontem, dia 28 de janeiro, no Tribunal de Instrução Criminal de Matosinhos, onde lhe foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva.