João Morgado – PS – Candidato à Junta de Ermesinde

Sou candidato à Presidência da Junta de Freguesia de Ermesinde para servir as pessoas e a cidade, onde vivo desde 1979 e onde nasceram os meus filhos e os meus netos.
Vamos trabalhar com os Ermesindenses, com as escolas, as associações, as IPSS`s porque sendo certo que é na família e nas escolas que tudo começa, tudo continua nas associações e IPSS’s. É aí que pomos em prática todos os valores que nos foram ensinados, nomeadamente o da solidariedade e serviço comunitário.
Para isso levarei a minha presidência às pessoas mais necessitadas, para quem devemos ser mais solidários, para quem temos de ter uma gestão humanizada que vá ao encontro da resolução dos seus problemas e dos problemas da nossa cidade.
Nós vamos manter os ermesindenses informados, para que cada cidadão saiba a cada momento o que se passou e o que se vai passar à sua volta, como por exemplo a frequência da limpeza urbana.
Comprometemo-nos a analisar as tabelas de taxas e multas dos diversos serviços, como por exemplo os cemitérios, tornando mais justos os valores cobrados. Iremos definir um sistema de pagamento em prestações e rever os prazos de pagamento de taxas, multas e penalidades.
Repugna-nos que os ossários sejam utilizados como meio de divulgação de avisos para cobrança das respetivas taxas em atraso, pelo que iremos rever e clarificar os procedimentos relativos à liquidação e cobrança das taxas nos cemitérios.
Vamos alterar o Fundo de Emergência Social, simplificando processos, de modo a que as pessoas mais carenciadas saibam como aceder a ele.
Voltaremos a dar ao gabinete de ação social desta Junta o papel central que em tempos já ocupou no apoio às populações, ouvindo as pessoas, coordenando as ações e até criando novas respostas que se verifiquem necessárias, como por exemplo a criação de um banco de medicamentos.
Vamos criar o programa Ermesinde Solidário!
Procuraremos seniores ativos que no passado exerceram profissões no âmbito da prestação de serviços, criando com eles um programa de ajuda aos seniores carenciados, solucionando-lhes pequenos problemas domésticos, como a mudança de uma simples lâmpada, uma simples visita para companhia ou a ida ao café. Um banco de voluntários com vontade de ajudar aqueles que mais precisam. Levar amor e carinho às pessoas é um dos nossos objetivos.
Na Educação desejamos que continue o processo de modernização das escolas. Congratulamo-nos com as obras de requalificação da Escola Secundária de Ermesinde, mas queremos mais. Seremos vigilantes para que tudo aconteça.
Desenvolveremos todos os esforços para tornar realidade a requalificação do Rio Leça em toda a sua extensão, começando pela despoluição e limpeza de margens e depois pela implantação de trilhos e passadiços que levem as pessoas a caminhar junto ao rio.
Queremos também ver crescer o parque de lazer a que todos chamamos Parque da Socer.
Pretendemos requalificar o espaço hoje utilizado pela Feira de Ermesinde e o seu Mercado, um local que, por ter sido deixado ao abandono, precisa de uma forte intervenção.
Queremos e tudo faremos para que Ermesinde tenha um Museu.
Temos no pensamento descentralizar Ermesinde, realizando alguns eventos culturais nos seus lugares históricos.
Prometo tudo fazer com o Centro Social de Ermesinde para que o antigo Cinema seja transformado num espaço que cumpra funções sociais fundamentais à vida em sociedade.
No que respeita ao desporto apoiaremos os clubes e associações da nossa cidade, estaremos atentos à continuação das obras já iniciadas pela Câmara.
Apresentaremos uma solução para o Pavilhão da Bela. Levaremos ao executivo camarário uma proposta de deliberação no sentido de municipalizar o espaço, cedendo a Freguesia de Ermesinde os seus cinquenta por cento ao município para que a Câmara Municipal possa assim realizar as obras tão necessárias para tornar aquele equipamento utilizável para a prática desportiva.
Vamos iniciar um período frutuoso de progresso e cooperação entre a Câmara e a Junta com o objetivo comum de melhorar as condições de vida das pessoas em Ermesinde. É uma cooperação que tarda e que faz falta. São os ermesindenses que sofrem com a falta dela.
No presente momento, só o PS pode garantir essa cooperação.
Mas só a pode garantir se ganhar as eleições, quer para a Câmara, quer para a Junta.
Estamos seguros de que é isso que vai acontecer no dia 01 de Outubro.
Viva Ermesinde.