Alfena – Francisco Pacheco – Chega

Declarações de Francisco Pacheco candidato do Chega à JF de Alfena

Eu, Francisco Pacheco, motorista Profissional, nascido e criado no Concelho de Valongo, aceitei este desafio porque acredito no Projecto do Chega-Valongo para Alfena, e que visa melhorar a qualidade de vida dos Alfenenses.
Alfena deveria ser uma cidade em franco crescimento e procurada por famílias e empresas com o intuito de nela se instalarem, devido à sua excelente localização.
No entanto, as estruturas e infra-estruturas públicas são deficientes e Alfena tem perdido população ao longo dos últimos anos.
As ruas e passeios encontram-se num estado lastimoso. As acessibilidades para pessoas com mobilidade reduzida e/ou portadoras de deficiência são praticamente inexistentes.
A limpeza de bermas, valetas e jardins é deficitária e a recolha de lixo de contentores públicos não é devidamente atempada.
Alfena enfrenta um enorme problema com a EN105 que atravessa a cidade, com o trânsito caótico, nomeadamente devido à intensa circulação de veículos pesados de mercadorias.
É necessário construir uma variante que passe à margem da cidade, por forma a resolver problemas de trânsito e mobilidade.
O investimento da Câmara Municipal em Alfena é extremamente reduzido, comparativamente a outras Freguesias.
Urge criar novos arruamentos e requalificar os existentes.
As principais vias distribuidoras locais apresentam diversas carências: como a inexistência de passeios ou a existência de passeios sobredimensionados, não cumprindo as exigências no que respeita a acessibilidades e encontram-se, na sua grande maioria, em mau estado de conservação.
A Escola EB1 da Codiceira carece de obras de reabilitação e requalificação.
Há anos que a população de Alfena reivindica obras de ampliação do Cemitério e a construção de uma nova Capela Mortuária.
Tudo faremos para que, finalmente, estes legítimos anseios da população se tornem uma realidade.
A área verde da cidade ocupa cerca de 70% da Freguesia, contra cerca de 30% de estruturas construídas. Apesar disso, Alfena possui um número reduzido de Espaços Verdes de lazer e uso público, o que limita as oportunidades de recreio da população residente e, por isso, a sua qualidade de vida.
Existem alguns pequenos Jardins de proximidade mas são necessários espaços onde caminhar, correr e passear, sem se estar confinado a um lugar, possibilitando tirar partido dos recursos e da paisagem local.
No fundo, espaços que estejam, estrategicamente, distribuídos pela Freguesia e não concentrados numa só zona.
Faltam Parques Infantis, nomeadamente na zona sul da Cidade.
A Freguesia de Alfena é atravessada pelo Rio Leça que tem como principais afluentes a Ribeira de Ferraria, a Ribeira de Cabêda e a Ribeira de Tabãos. Conta, também, com diversos elementos de valor cultural, nomeadamente: Igrejas, Capelas, Quintas, Calvários, Pontes e Moinhos.
Os Moinhos situam-se ao longo dos cursos de água e encontram-se, na sua grande maioria, degradados. Excepção para o Moinho de S. Lázaro.

Nesse sentido, propomos:

  • Criar corredores verdes assentes em percursos pedonais e cicláveis, nomeadamente ao longo das margens do Rio Leça.
  • Estudar a melhor localização para a construção de uma Piscina Natural no Rio Leça, como parte constituinte de uma Praia Fluvial a projectar.
  • Aumentar a oferta de Espaços Verdes públicos, de sociabilização, lazer e recreio, requalificando os já existentes.
  • Requalificar e valorizar elementos do Património natural, cultural e arquitectónico, determinantes da identidade da Freguesia e essenciais no âmbito da promoção turística.
  • Criar estruturas indispensáveis de apoio aos referidos espaços e percursos.

Nas “causas” de Alfena, para o seu dinamismo progressivo e para a sua harmonização social, muito tem contribuído o seu Centro Social e Paroquial.
O Centro Social e Paroquial de Alfena possui uma obra ímpar no panorama nacional.
O CSPA tem suprido em larga escala as insuficiências da Junta de Freguesia, mas sobretudo da C.M Valongo no que respeita a políticas de carácter social.

Alfena carece de uma Política Cultural que garanta a regularidade, a diversidade e a elevada qualidade na programação, que potencie os equipamentos municipais e a realização de parcerias várias, no sentido de optimizar os recursos públicos.
Uma política cultural que envolva a comunidade nos processos culturais, na criação e valorização da riqueza patrimonial, bem como na afirmação da diversidade artística.
Neste particular, a sociedade civil e, nomeadamente, os diversos movimentos associativos existentes terão um papel determinante.

Queremos uma Freguesia amiga da História das nossas gentes e que salvaguarde o legado dos antepassados para as gerações vindouras.
Continuaremos a lutar pela redução das tarifas da Água e Saneamento.

CHEGA DE IGNORAR ALFENA !…

Observação: As medidas apresentadas para a Freguesia de Alfena não podem ser dissociadas do programa para o Concelho de Valongo, na medida em que o complementam.
Temos consciência das limitações de competências de actuação das Juntas de Freguesia mas temos connosco o poder reivindicativo, sempre que se justifique, no sentido de proporcionar melhor qualidade de vida aos Alfenenses.