Cláudia Lima quer ser a primeira mulher a liderar uma Junta do concelho de Valongo

Com a inclusão do atual presidente da Junta de Valongo, Ivo Neves, em terceiro na lista para a Câmara Municipal de Valongo, a escolha do PS para liderar a candidatura à Assembleia de Freguesia de Valongo recaiu em Cláudia Lima. A candidata, de 41 anos, exerce funções na administração do Hospital Padre Américo em Penafiel e integrava já o executivo da junta há oito anos.

No seu discurso de apresentação de candidatura, Cláudia Lima agradeceu a aposta que o partido fez em si e, com emoção, louvou o “bom trabalho do atual presidente, Ivo Neves”. Disse a candidata que estava totalmente empenhada na candidatura a uma freguesia de Valongo que é uma terra “de gente com identidade”. “Vamos trabalhar com e para os valonguenses e dar continuidade ao trabalho dos últimos anos”

Cláudia Lima falou de alguns assuntos a que promete dar importância, como seja o aumento do cemitério e criação de parque de estacionamento, manutenção de espaços verdes, manter permanente articulação com a Câmara de Valongo, ter atenção às questões relacionadas com a defesa do ambiente, com as associações culturais, recreativas e desportivas, IPSSs e Escolas e prometeu trabalhar para que os valonguenses tenham orgulho na terra.

Sobre quem a acompanha nesta candidatura, Cláudia Lima defendeu ser “uma equipa experiente e com motivação para servir Valongo”.

Sobre a candidatura do PSD, a candidata do PS referiu que “não apresenta uma proposta para melhorar a freguesia”.

Também na hora dos discursos, o ainda presidente da Junta de Valongo e presidente da Comissão Política Concelhia dos socialistas, Ivo Vale Neves, teceu elogios à candidata, referindo ser a pessoa certa para o lugar certo. Disse ainda Ivo Neves que é importante uma junta e uma câmara trabalharem em parceria, o que aconteceu nestes oito anos.

O líder socialista de Valongo falou da importância das serras e terminou citando Jorge Palma “Enquanto houver ventos e mar, a gente não vai parar”.

O recandidato do PS à Câmara de Valongo e atual presidente da Câmara defendeu que Cláudia Lima está muito bem preparada para ser a primeira presidente de Junta do concelho de Valongo.

José Manuel Ribeiro disse a determinada altura que “o que há a dizer da freguesia de Valongo está bem à vista. No dia 26 d setembro, para além do voto em partidos e movimentos, o essencial é escolher pessoas”.

O recandidato falou do trabalho efetuado pelo município nas serras e na aposta feita na sua preservação e valorização e também falou na construção da Casa da Democracia Local: “A maioria das pessoas de Valongo percebe que esta terra não pode parar. Há mais de 30 anos que a Câmara ocupa um espaço provisório”. Ainda sobre este assunto, José Manuel Ribeiro disse que “o atual espaço da Câmara pode ser ocupado, por exemplo com um Centro de Formação” e referiu-se à construção de uma nova Câmara na Trofa (liderada pelo PSD) e onde o PS que está na oposição não critica.