Oito centenas de seniores de Valongo ligados à rede com tablets

O Município de Valongo através do Programa ASA – Acreditamos em Seniores Ativos está a implementar o projeto de literacia digital ASA 4.0, direcionado a todos os seniores inscritos no programa. Para materializar o “Projeto ASA 4.0”, a autarquia investiu 167.280€ na aquisição de 800 tablets, que começaram a ser cedidos temporariamente aos alunos e alunas inscritos nas academias seniores. 

Promovido em parceria com a Fundação Virtual Educa, o projeto ASA 4.0 tem como objetivo integrar digitalmente a população idosa, melhorando a sua qualidade de vida, integrando-os em redes sociais que lhes permitam combater o isolamento. Além possibilitar a interação com dispositivos digitais, no âmbito desta iniciativa serão desenvolvidos conteúdos específicos para atender às suas necessidades e aos seus interesses. A solução tecnológica foi desenvolvida pela Altice e pela jp.ik, que desenharam um produto a pensar nas pessoas mais idosas, assegurando a integração digital da população, através do equipamento e da conectividade garantida em qualquer lugar.

“Temos muito orgulho no projeto ASA, é dos mais bonitos que temos. O ASA 4.0 é mais um importante contributo para melhorar a qualidade de vida da população sénior residente no concelho de Valongo. Além de diminuir o sentimento de solidão e isolamento, permitirá aumentar os níveis de autoestima e desenvolver o sentido de cidadania ativa”, salientou o presidente da Câmara Municipal de Valongo, José Manuel Ribeiro, referindo que devido à pandemia COVID 19, as atividades realizadas online não abrangem a totalidade dos seniores inscritos por falta de meios e conhecimentos informáticos.

“Estamos ansiosos por retomar as atividades presenciais e vamos fazê-lo logo que a evolução a situação pandémica o permita, mas vamos também agarrar esta oportunidade para capacitar os nossos seniores, estimulando as suas competências sociais e sua participação cívica através dos meios digitais. Não é só emprestar um tablet, trata-se de criar um canal de ligação dos nossos seniores com o mundo. Os resultados deste projeto inovador vão-nos surpreender a todos”, garantiu o autarca.

As primeiras entregas dos equipamentos e respetivas ações de formação realizaram-se no dia 27 de julho, no Fórum Cultural de Ermesinde (alunos/as dos Polos de Alfena e Ermesinde); e no dia 28 de julho, Auditório Dr. António Macedo (alunos/as dos Polos de Campo, sobrado e Valongo). Foram cumpridas todas as normas de saúde pública em vigor.