Unidade de Hemodiálise de Valongo é inaugurada quarta-feira

A Unidade de Hemodiálise do Centro Hospitalar Universitário São João vai ser inaugurada em Valongo na próxima quarta-feira. Esta unidade é dedicada a utentes de ambulatório e está localizada nas antigas instalações do Hospital de Valongo.

Estará presente na cerimónia o secretário de Estado da Saúde, Serra Lopes e marcam ainda presença o presidente da Câmara de Valongo, José Manuel Ribeiro e Fernando Araújo e Manuel Pestana do Centro Hospitalar S. João.

Trata-se de um Centro de Hemodiálise construído de raiz (num investimento de cerca de 900.000 euros), para funcionar com um modelo de gestão de Centro de Responsabilidade Integrada (CRI), que lhe confere maior flexibilidade e autonomia.

A Unidade vai servir preferencialmente os doentes renais crónicos residentes preferencialmente nos Concelhos de Valongo, Maia, Gondomar e Porto, e irá dispor de 24 postos de tratamento, distribuídos por duas salas independentes, onde poderão ser tratados cerca de 140 doentes, com as técnicas de Hemodiálise mais avançadas, baseadas na hemodiafiltração on-line.

A Unidade está vocacionada para o tratamento de doentes ambulatórios, esperando-se que venha a representar uma mais-valia importante na assistência nefrológica de proximidade.

A Unidade funcionará como uma extensão do Serviço de Nefrologia do CHUSJ, que é um Centro de Elevada Diferenciação em Nefrologia reconhecido pela Direção-geral da Saúde (DGS) desde 2008, vocacionado para a Gestão Integrada da Doença Renal Crónica. O Serviço de Nefrologia do CHUSJ dispõe de todas as valências da especialidade, que o colocam numa posição de destaque nacional e internacional em termos de oferta clínica e produção científica. Integra o Centro de Referência de Transplante Renal do CHUSJ, que é responsável pela realização de 70 a 80 transplantes renais por ano, detém a maior unidade de Diálise Peritoneal do país, onde são acompanhados cerca de 100 doentes em tratamento domiciliário, inclui uma unidade de Hemodiálise que passará a ficar vocacionada para o tratamento de doentes agudos/urgentes e doentes internados, para além da atividade de consulta externa, do internamento, do Serviço de Urgência permanente e das técnicas diagnósticas.

Estando integrado num Hospital universitário, o componente de ensino e investigação está incluído na atividade diária do Serviço de Nefrologia do CHUSJ, que assegura o ensino pré-graduado em nefrologia, da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) e que é sede da primeira Unidade de Investigação e Desenvolvimento em Nefrologia da Fundação para a Ciência e Tecnologia, responsável por investigação clínica e de translação em Nefrologia, que se desenvolve atualmente em parceria com o Instituto de Investigação e Inovação em Saúde (i3S), da Universidade do Porto. Para além de contribuir para a otimização da qualidade assistencial prestada aos doentes, esta unidade deverá permitir melhorar o desempenho do CHUSJ, enquanto centro académico clínico, quer na formação profissional, quer na vertente científica, designadamente no âmbito da Gestão Integrada da Doença Renal Crónica.