GNR detém dois homens por violência doméstica na Trofa e Santo Tirso

O Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) do Porto, ontem, dia 3 de fevereiro, deteve dois homens de 43 e 60 anos por violência doméstica, em duas situações distintas, nos concelhos da Trofa e Santo Tirso.

Na primeira situação, no âmbito de uma investigação por violência doméstica no concelho da Trofa, os militares da Guarda apuraram que o suspeito de 43 anos, com antecedentes criminais por violência doméstica e condução sob o efeito do álcool, movido por ciúmes agrediu, injuriou e ameaçou de morte a vítima, de 42 anos, com a qual tinha uma relação há dois anos. No último episódio de violência, o agressor, consumidor habitual de bebidas alcoólicas, fez com que a vítima tivesse de fugir deste e pedir auxílio a amigos, motivos que levaram à sua detenção.

No segundo caso, um homem de 60 anos, com antecedentes criminais por ilícitos desta natureza, foi detido, na localidade de Vila das Aves, no concelho de Santo Tirso. O detido, consumidor habitual de bebidas alcoólicas, movido por ciúmes obsessivos e desejo de controlo, injuriava e ameaçava de morte a vítima, de 54 anos, com quem mantinha uma relação de namoro de três anos, factos que a levaram a terminar a relação. Pelo facto do agressor por não ter aceitado o fim da relação, passou a perseguir a vítima, difamando a sua imagem e nome nas redes sociais e provocando ainda danos em bens da mesma.

Os detidos foram presentes ontem, dia 3 de fevereiro, a primeiro interrogatório no Tribunal de Instrução Criminal de Matosinhos, onde lhes foram aplicadas as medidas de coação de afastamento e proibição de se aproximarem das vítimas, proibição de contactarem com as vítimas por quaisquer meios ou formas, proibição de frequentarem os locais frequentados por estas, não se podendo aproximar num raio de 500 metros, controlados por pulseira eletrónica.