Gustavo Veloso deixa W52 porque quer ganhar mais uma Volta a Portugal

O ciclista galego Gustavo Veloso decidiu deixar a W52 – FC do Porto e vai vestir a camisola da equipa mais antiga do circuito português, a Atum General-Tavira-Maria Nova Hotel.

Gustavo Veloso afirmou querer deixar aquela a que chamou a sua casa nos últimos anos por querer tentar ganhar uma terceira Volta a Portugal. Veloso acha dificil lutar contra os seus colegas de equipa e daí esta decisão.

Veloso tem 40 anos e esteve oito anos naquela estrutura, cuja sede era em Sobrado, primeiro denominada OFM-Quinta da Lixa (2013-2014), depois W52-Quinta da Lixa (2015) e, nas últimas cinco épocas, W52-FC Porto, e cujo diretor desportivo é o sobradense Nuno Ribeiro. Venceu por duas vezes a Volta a Portugal e esteve no pódio mais algumas.

Na sua opção pela formação mais antiga do pelotão português pesaram vários fatores, mas não terá deixado de estar em avaliação a presença na equipa do seu amigo Alejandro Marque.