Requalificação da Escola Secundária de Valongo vai custar 4,5 milhões de euros

Vai nascer até uma nova oficina da panificação

A obra de requalificação total da Escola Secundária de Valongo foi adjudicada esta quinta-feira, através de aprovação da Câmara Municipal. A empreitada vai custar quase 4,5 milhões de euros e tem a duração estimada de 630 dias.

O projeto, elaborado em articulação com a comunidade escolar e a Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares (DGEST), prevê a requalificação e modernização de todos os edifícios da instituição de ensino – além de todos os blocos de salas de aula, vão ser alvo de obras a cantina, refeitório, papelaria, casas de banho, etc.

Mas há mais. “As obras contemplam ainda a construção de um corpo edificado para oficina de panificação (bloco H) e também uma nova portaria com acessos adequados que permitam a acessibilidade a pessoas com mobilidade condicionada”, conta a autarquia.

O Presidente da Câmara Municipal destaca que “no âmbito do processo de descentralização, o parque escolar do concelho foi incluído no mapeamento de investimentos prioritários e as obras vão ser financiadas a 100% pelo Governo”.

O autarca lembrou ainda que esta “foi uma grande conquista, um ato de justiça, porque Valongo foi o único concelho da Área Metropolitana do Porto que não teve uma única escola intervencionada pela Parque Escolar [fundado pelo Governo em 2007] e que avançou com a retirada do fibrocimento de todas as escolas, mesmo sem apoios”, frisou o autarca.

Seja o primeiro a comentar em "Requalificação da Escola Secundária de Valongo vai custar 4,5 milhões de euros"

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.


*


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.