Valongo: Homem com pulseira eletrónica devido a alegada violência doméstica

Segundo uma nota da GNR, depois de ouvido por um juíz, um homem de 36 anos ficou sujeito a pulseira eletrónica por ameaçar a ex-companheira e o namorado desta com arma de fogo no concelho de Valongo.

O homem tinha sito detido na semana passada tendo sido presente ao Tribunal de Instrução Criminal de Penafiel, onde o juíz o proibiu ainda de contactar com a vítima e ter contacto com qualquer arma e o obrigou a apresentações bissemanais no posto policial da residência.

Na nota, a GNR referiu que esta ação surgiu devido a diligências por suspeitas de crime de violência doméstica. Foram feitas buscas, em casa e no carro, tendo sido apreendidas duas armas, uma caçadeira de canos serrados e um revólver.

PUB