Inscrição da Bugiada no Inventário Nacional do Património Cultural Imaterial

A Câmara Municipal de Valongo, a Junta de Freguesia de Campo e Sobrado e a Associação Casa do Bugio anunciam que se encontra concluído o pedido de inscrição, da festa da Bugiada e Mouriscada de Sobrado, no Inventário Nacional do Património Cultural Imaterial.

O processo resulta de uma parceria estabelecida entre as três entidades e o Centro de Estudo de Comunicação e Sociedade, da Universidade do Minho, que tem vindo a realizar o estudo da festa.

Rita Ribeiro, doutorada em sociologia e professora universitária, liderou uma equipa de investigadores que trabalharam no dossiê.

Encontrando-se submetido o pedido de registo, no Matriz PCI, o processo será ainda sujeito a várias fases, entre as quais a da consulta pública. 

A efetivação do registo, desta singular festa sanjoanina da Bugiada e Mouriscada, da vila de Sobrado, concelho de Valongo, no Inventário Nacional, só ocorrerá no final de todo o processo que agora será gerido pela Direção-Geral do Património Cultural.

publicidade