Valongo é concelho há 182 anos

Valongo é concelho há 182 anos, comemorados no passado dia 29 de novembro.

As cerimónias de comemoração iniciaram-se com com a inauguração da Casa-Museu Dias de Oliveira, localizada na zona antiga de Valongo, onde em tempos habitou este ilustre valonguense cuja influência junto da rainha D. Maria II viria a contribuir decisivamente para que Valongo fosse elevado à categoria de concelho. Dias de Oliveira foi presidente do conselho (equivalente a primeiro-ministro) e por isso com muita influência à época.
Além da exposição biográfica sobre Dias de Oliveira, que ficará patente em permanência, foi também inaugurada exposição “Negro-Azul”, de Domingos Loureiro, a primeira iniciativa temporária a ser acolhida por este novo espaço cultural do Município de Valongo. Este artista valonguense, recorde-se é o autor da escultura que assinalou os 180 anos e que se situa no Largo do Centenário.
As comemorações do aniversário do Município prosseguiram no Museu Municipal de Valongo, com a apresentação da recriação histórica «Primeira reunião da vereação de 3 de março de 1837», pelos Cabeças no Ar e Pés na Terra – Associação Cultural e com o lançamento do livro «Valongo – Desde 1836 a Caminhar para o Futuro | Comemorações dos 180 Anos».
A recriação, que foi feita também há dois anos aquando da comemoração dos 180 anos da elevação a concelho, foi um momento alto e bem conseguido pelos Cabeças no Ar e Pés na Terra, com a direção de Hugo Sousa.
Aquando da apresentação do livro «Valongo – Desde 1836 a Caminhar para o Futuro | Comemorações dos 180 Anos», o presidente da Câmara de Valongo, José Manuel Ribeiro, falou das comemorações de há anos, salientando a importância da Comissão criada para o efeito.

Na foto, a inauguração da Casa-Museu Dias de Oliveira, com o presidente da Câmara José Manuel Ribeiro, a vice-presidente, Ana Maria Gonçalves e o vereador Paulo Esteves Ferreira, entre outros.