Maia entre os municípios à espera para avançar com novo serviço de autocarros

Maia, Matosinhos e Trofa são os três municípios da Área Metropolitana do Porto que vão ter de esperar para avançar com um novo serviço de autocarros, depois de o ato de adjudicação para a concessão do novo serviço ter sido impugnado. Esta informação foi avançada pelo Jornal de Notícias, que acompanhou a reunião dos autarcas na passada sexta-feira.

O ato de adjudicação para a concessão deste novo serviço de transportes foi impugnado para o lote 1 (que reúne Maia, Matosinhos e Trofa) dos cinco em que foi dividida a Área Metropolitana do Porto para o efeito das novas concessões de autocarros da região. Assim, estes três municípios vão ter de esperar que a situação fique regularizada, isto é, que seja aceite o pedido de levantamento do efeito suspensivo, já entregue ao Tribunal Administrativo e Fiscal (TAF) do Porto.

O ato de adjudicação foi impugnado por uma das empresas concorrente, a Sequeira, Lucas e Venturas, que defendeu que a entrega do lote 1 ao consórcio Barraqueiro/Resende alterou as pontuações das outras propostas. A mesma empresa pede agora que lhe seja atribuído o lote 2, que junta Santo Tirso, Valongo, Paredes e Gondomar.