Incêndio deflagrou em fábrica de tintas na Maia

As causas do incidente ainda estão por apurar e não há registo de feridos.

Um incêndio de grandes dimensões deflagrou ontem à noite, numa fábrica de tintas em Nogueira e Silva Escura, mais especificamente na Rua do Rio, no concelho da Maia.

Houve várias explosões e os moradores foram os primeiros a lançar o alerta, que chegou às autoridades pelas 19h51. O incêndio foi dado como dominado por volta das 22 horas, e pelo menos 10 habitações tiveram de ser evacuadas, por precaução.

Segundo as autoridades, “houve um perigo inicial, mas depois dos meios estarem posicionados, eles foram assegurados de que não haveria perigo e felizmente não há nenhum dano nem humano, nem habitacional”, referiu aos jornalistas Manuel Carvalho, comandante dos Bombeiros Voluntários de Moreira da Maia.

Para além da destruição da fábrica, não há registo de feridos e de danos materiais. No local estiveram 84 operacionais apoiados por 31 veículos, 10 corporações de bombeiros, INEM, GNR, Proteção Civil Municipal, especialistas da E-Redes e a PJ. Até ao momento ainda não se sabe a origem do incidente.

PUB