Valongo. Este projeto quer ajudar reformados a gerir finanças

As inscrições para o projeto “Eu e a minha reforma”, que ajuda os reformados a gerir as finanças através de aulas online, estão abertas. A iniciativa é promovida pela Fundação Dr. António Cupertino de Miranda, com o apoio da Câmara Municipal de Valongo. 

A preparação de um orçamento familiar, meios de pagamento digitais, seguros, impostos, combate à fraude ou os direitos e deveres dos consumidores são alguns dos temas abordados nas aulas online promovidas por esta formação, destinada a pessoas com mais de 55 anos com residência em Valongo. 

A Presidente da Fundação Dr. António Cupertino de Miranda, Maria Amélia Cupertino de Miranda, defende que, “face ao desafiante contexto económico que atravessamos, a gestão do orçamento é, mais do que nunca, necessária para orientar as decisões do quotidiano. Por isso, este programa foi desenhado para transmitir ferramentas que permitam criar uma relação saudável com o dinheiro”, disse em comunicado de imprensa enviado às redações. “Para além disso, o «Eu a Minha Reforma» contribui para o envelhecimento ativo, não só pela partilha que gera entre os participantes, mas também porque os ajuda a preparar a velhice com maior bem-estar financeiro. Estamos a viver uma revolução na longevidade e será, cada vez mais, indispensável acautelar estas competências junto dos mais velhos”, acrescenta.

Para já, vão abrir duas turmas. Uma delas tem início já na segunda-feira 19 e estende-se até ao dia 26 de outubro, com aulas às segundas e quartas-feiras das 10.00 às 11.30; a segunda começa na sexta-feira 23 e termina no dia 2 de dezembro, com aulas às sextas-feiras entre as 10.00 e as 11.30. 

E as inscrições? Podem ser feitas de três formas: online, através do email eueaminhareforma@facm.pt ou do telefone 226 101 189.