Covid 19: Valongo, Gondomar, Maia e Paredes estão em risco elevado

Da reunião do Conselho de Ministros de ontem ficou a saber-se que os concelhos de Valongo, Gondomar, Maia e Paredes passaram para concelhos de Risco Elevado. Quanto às medidas restritivas já em vigor esta sexta-feira são as seguintes: Limitação da circulação na via pública entre as 23h e as 5h; Teletrabalho obrigatório quando as funções o permitam; Restaurantes, cafés e pastelarias até às 22h30 (no interior, com um máximo de 6 pessoas por grupo; em esplanada, 10 pessoas por grupo); Espetáculos culturais com os mesmos horários da restauração ou seja até às 22h30; Comércio a retalho até às 21h.

Quanto aos concelhos de risco muito elevado, o que é o caso de Porto, Matosinhos, Vila Nova de Gaia, por exemplo as medidas são: limitação da circulação na via pública entre as 23:00 e as 5:00; Teletrabalho obrigatório quando as funções o permitam; Restaurantes, cafés e pastelarias até às 22:30 (no interior, com um máximo de 4 pessoas por grupo; em esplanada, 6 pessoas por grupo); Espetáculos culturais até às 22:30; Casamentos e batizados com 25% da lotação; Ginásios sem aulas de grupo; Modalidades desportivas de baixo e médio risco; Comércio a retalho durante a semana: até às 21:00. Ao fim de semana e feriados: retalho alimentar até às 19:00 e não alimentar até às 15:30.

Entretanto hoje a DGS deu a conhecer os números da incidência de infetados por 100 mil habitantes entre 1 e 14 de julho. Valongo tem 395 casos, Maia 392, Gondomar 479 e Paredes 359. Em relação a outros concelhos os números são os seguintes: Porto 758, VN Gaia 502, Matosinhos 542, Trofa 203, Santo Tirso 433, Paços de Ferreira 195, Penafiel 213 e Felgueiras 235.