Chefs de Valongo renovam Estrela Michelin

Os dois chefs Michelin de Valongo voltaram este ano a renovar a distinção.
João Oliveira estreou-se em 2017, tem 32 anos e há cerca de 16 começou a estudar cozinha. Jogou futebol no SC de Campo, foi árbitro e trabalhou no restaurante Sopa de Pedra, no Porto.
Atualmente é o chef responsável do Vista, o restaurante do Bela Vista Hotel & Spa, em Portimão.
O gosto da cozinha aconteceu quando, ainda jovenzinho, teve de ajudar a tratar dos avós e a cozinhar sopa para eles. “Uma diferente todos os dias”, disse ele recentemente.
Especializado em pratos de peixe, segundo várias publicações, João Oliveira passou por restaurantes como o Largo do Paço, em Amarante, o Yeatman, em Gaia e  o Vila Joya no Algarve.
João Oliveira, recorde-se, é confrade da Confraria do Pão, Regueifa e Biscoito de Valongo.
Outro chef valonguense é Rui Silvestre, e que é conhecido por ter sido o mais jovem chef português a ganhar uma estrela Michelin, no restaurante Bon Bon, no Algarve, em 2015. Rui Silvestre renovou no ano passado a sua estrela e foi  distinguido pela Academia Internacional de Gastronomia como um dos chefs mais promissores do mundo. Agora, em 2019, volta a ser distinguido, conseguindo para o Vistas, nova unidade que agora chefia, a primeira distinção.