Rui Pereira é o novo Presidente do SC Campo

O S.C. Campo tem novo presidente. Trata-se de Rui Pereira até agora coordenador do clube.
Depois da tomada de posse, o JNR quis saber quais as razões da decisão em assumir a liderança do Campo e quais os desafios para os próximos tempos.
Rui Pereira, conta ao nosso jornal como tudo começou “com a certeza que o Sporting Clube de Campo iria usufruir de um relvado sintético, o presidente cessante, Paulo Rodrigues, começou a estruturar o reerguer da formação do clube. Nessa altura, foi pela mão do treinador dos seniores, Amaro Rodrigues, conhecedor do projeto elaborado por mim e de nome “Futebol para Todos”, decidiu indicá-lo ao Presidente. Após a primeira reunião, fiquei com a certeza que este era o clube ideal para desenvolver um projeto de sucesso e avançámos para a minha entrada na estrutura como coordenador, mesmo abdicando de qualquer contrapartida financeira.
Esta primeira fase do projeto tem como continuidade das épocas desportivas 2017/18 e 2018/19. O mesmo foi começado do zero, com treinos dos escalões da formação no pavilhão n° 2 de Campo e pavilhão de Sobrado.
Dois anos volvidos de muito trabalho de uma equipa criada também do zero e muitas horas para que tudo pudesse começar a fluir normalmente”.
Depois de explicada a aparição no clube, Rui Pereira fala da candidatura: “a ideia da candidatura à Presidência do Sporting Clube de Campo não foi propriamente minha, mas fiquei com a certeza que esta candidatura foi intencionalmente apadrinhada pelo na altura presidente, Paulo Rodrigues, que a determinada altura ficou com a ideia de ter encontrado alguém que pudesse gerir os destinos no clube. Numa primeira fase, foi-me apresentada esta possibilidade de uma forma simpática, mas com a minha concordância em Dezembro de 2018, restavam seis meses aproximadamente para a preparação de uma possível sucessão. O que se veio a verificar no dia 21 de junho de 2019, com as eleições”.
Tendo sido a formação o grande objetivo da entrada de Rui Pereira, agora como presidente vai ser o trabalho mais importante do clube: “na época 2018/19 o Sporting Clube de Campo possuía para além das escolinhas (não federados), mais seis equipas de Futebol 7 e 11 a competir nos campeonatos distritais da A.F. Porto, englobando mais de 100 atleta. Inclusive a nossa equipa de Sub 8, que competiu na Liga Carlos Alberto, acabando por se sagrar campeã da Divisão de Honra e que acabou por regressar a casa com o troféu com muitíssima importância para o Clube.
Contudo queremos reafirmar que a aposta da formação é para continuar e se possível reforçar. Para isso, iremos criar a nossa equipa de Juniores, com um objetivo, completar o ciclo para que os nossos atletas possam alcançar o patamar Sénior, sem que tenham de sair do clube.
Também não posso deixar de referir a equipa de veteranos do Sporting Clube de Campo, o projeto “desporto sem bullying” e a atribuição dos prêmios de Mérito Escolar, a candidatura á Certificação das Escolas de Futebol da FPF, foi uma aposta quase conseguida na primeira submissão. O Sporting Clube de Campo atingiu o Patamar das 3 estrelas. Infelizmente não conseguimos cumprir o rácio dos treinadores credenciados. Assim podemos garantir que na próxima abertura da candidatura, iremos corrigir esse pequeno percalço e finalmente poderemos atingir esse objetivo”.
Mas os seniores vão necessariamente continuar a merecer atenção: “ao contrário da Formação, no escalão Sénior, podemos considerar que se fecha um ciclo e que estamos a trabalhar para que outro se inicie. A renovação com apenas sete jogadores, leva-nos a concluir que o Sporting Clube de Campo, para a próxima época desportiva irá contar com um conjunto significativo de caras novas, mas com a vontade de triunfar e com o compromisso com o Clube e com a Vila de Campo.
Quanto á ambição, o Sporting Clube de Campo irá como sempre até onde nos deixarem ir, reafirmando que iremos lutar por cada ponto que estiver em disputa, até ao último”.
Sobre o apoio daas gentes de Campo, Rui Pereira refere que “a massa adepta do Sporting Clube de Campo é única. Apresentam-se para apoiar a equipa nos jogos em casa e fora. Provavelmente seremos uma das equipas, que na 1° divisão distrital da A.F. Porto movimenta mais massa adepta nos jogos fora de portas.
Resumindo, por isso somos únicos, Somos Campo.
Quanto aos sócios, o Clube atualmente tem 190 sócios e a intenção desta direção é criar medidas que potenciem a entrada de novos sócios.
A criação do provedor do sócio também é uma inovação e com toda a certeza iremos acolher alguns sócios que por esta ou aquela razão acabaram por desistir.
Aproveito para endereçar o meu agradecimento aos patrocinadores do Sporting Clube de Campo, à União de Freguesias de Campo e Sobrado e à Câmara Municipal de Valongo.

Be the first to comment on "Rui Pereira é o novo Presidente do SC Campo"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.