Junta de Valongo organiza segundo festival infantil e juvenil da canção

A Junta de Freguesia de Valongo, com apoio da Câmara de Valongo vai levar a cabo dia 14 de agosto a segunda edição do Festival Infantil e Juvenil Valongo D’Ouro 2019.

O regulamento é transcrito em baixo, mas frise-se que haverá dois escalões de concorrentes, infantis dos 6 aos 12 e juvenis dos 13 aos 18 e dois tipos de concurso: originais e versões.

O prazo para envio de candidaturas termina a 24 de julho.

Este evento insere-se no programa das Festas da cidade, em honra de S. Mamede. Pode solicitar a ficha de inscrição para podiumdemocoes@gmail.com

O regulamento é então o seguinte:

FESTIVAL INFANTO JUVENIL DA CANÇÃO VALONGO D’OURO

REGULAMENTO

2° Festival da Canção Infanto Juvenil

Valongo D’Ouro

REGULAMENTO

Artigo 1°

(Natureza e Fim)

O Festival da Canção Infanto Juvenil “Valongo D’Ouro” é uma organização da Junta de Freguesia de Valongo, com produção da Pódium D’Emoções. A segunda edição realiza-se dia 14 de agosto de 2019 às 21h30 e decorrerá no Largo do Centenário em Valongo.

Este festival tem duas vertentes, canções originais e versões.

Os objetivos são os seguintes:

1 – Apoiar a criação, promoção, valorização e divulgação de temas musicais inéditos compostos para crianças e por elas interpretados;

2 – Estimular no público infantil o gosto pela música;

3 – Contribuir para o aparecimento de novos interpretes, autores e compositores de temas musicais infantis;

5 – Criar e desenvolver laços de amizade entre todos os participantes;

6 – Sensibilizar as crianças através da música, proporcionando uma maior abertura cultural.

7 – Fomentar a interatividade das crianças com a música.

8 – Desenvolver capacidades ao nível da memorização, da interpretação, da expressão e da improvisação.

Artigo 2°

(Participantes)

1 – O Festival da Canção Infantil e Juvenil “Valongo D’Ouro” culmina numa sessão pública, em que poderão participar, individualmente ou em grupo crianças e jovens com idades compreendidas entre os 6 e os 18 anos, concluídos até à data da realização, divididas em dois escalões:

Escalão Infantil – dos 6 aos 12 anos  e Escalão Juvenil – dos 13 aos 18 anos.

2 – O mesmo intérprete não pode participar em mais que uma canção como intérprete principal. As interpretações podem ser a solo, a duo ou a trio (coro incluído).

3 – Os autores/compositores podem concorrer com um número ilimitado de trabalhos.

4 – Todas as canções apresentadas a concurso serão objeto de seleção para a grande final.

5 – A duração de cada canção não poderá ultrapassar os 5 minutos.

6 – As canções devem enquadrar-se no âmbito de cada escalão relativamente aos seus temas.

7 – As canções originais não podem ter sido objeto de edição comercial, podendo ser apresentadas a concurso canções apresentadas noutros festivais mas sem terem sido premiadas.

8 – No que se refere a versões, o concorrente pode escolher o tema que deseja interpretar.

8 – Acompanhamento instrumental em CD ou mp3;

Artigo 3°

(Inscrições)

1 – O prazo de inscrição termina no dia 24  de julho de 2019.

2 – A inscrição dos participantes é da responsabilidade dos seus Encarregados de Educação, ou seu representante legal, e deve ser feita através do preenchimento de impresso próprio, apenso a este regulamento, e posteriormente enviada por email para podiumdemocoes@gmail.com ou entregue pessoalmente em

Junta de Freguesia de Valongo

Largo do Centenário

Valongo

3 – No ato da inscrição devem entregar ou enviar (caso seja por email) os seguintes elementos:

– Boletim de Inscrição devidamente preenchido; – Fotocópia do Bilhete de Identidade, Cartão de Cidadão ou Cédula Pessoal do (s) interpretes concorrentes;

– Uma fotografia tipo passe do participante, a qual pode ser publicada na imprensa e em eventual brochura alusiva ao Festival;

Para originais:

No caso de entrega em mão, deverão entregar dois envelopes: um envelope maior, contendo a gravação sonora em cd ou pen (musica e voz – FAIXA 1 COM VOZ; FAIXA 2 Só INSTRUMENTAL), um original da letra e a partitura (facultativa) só com a identificação do nome da canção. Dentro desse mesmo envelope, enviar um outro, fechado, mencionando no exterior só o nome da canção a concurso e dentro deverá conter: a Ficha de Inscrição com a autorização do Encarregado de Educação; Identificação da Criança e dos respetivos autores, assim como um exemplar da letra.

No caso do envio via email devem enviar as gravações (faixa 1 com voz e faixa 2 instrumental) em ficheiro mp3 e todos os outros elementos pedidos.

Para versões: Os concorrentes devem enviar uma gravação da interpretação e outra do instrumental. Poderá ser solicitada presença na tarde do dia 14 para pré-seleção.

Artigo 4°

(Pré-seleção)

1 – Caso se verifique um número de canções concorrentes superior a 18 compete ao Júri, nomeado para o efeito pela Comissão Organizadora, proceder à pré-seleção das canções que transitarão para a final. O júri pode decidir selecionar um número diferente.

2 – Após a seleção das canções finalistas será comunicada a decisão aos Encarregados de Educação, ou representantes legais, dos respetivos intérpretes através de telefone ou email.

Artigo 5°

(Júri)

1 – O apuramento dos finalistas, de acordo com o n° 1 do Artigo anterior, é da

responsabilidade de um Júri nomeado pela comissão organizadora.

2 – Compete à Comissão Organizadora nomear os cinco elementos que constituirão o Júri da fase final, detentores de conhecimentos artísticos adequados aos parâmetros a avaliar (para as canções originais Música, Letra, Interpretação e Comunicação e para as versões retirar musica e letra), dispondo cada elemento do Júri de um máximo de dez pontos a atribuir a cada canção participante.

3 – Se, na fase final, existir igualdade de pontuação, caberá ao Presidente do Júri a decisão final.

4 – A pontuação a atribuir pelo Júri para os originais baseia-se nos seguintes parâmetros de avaliação:

a) Música;

b) Letra;

c) Capacidade vocal, interpretativa e comunicacional do intérprete;

d) Afinação do intérprete em relação à tonalidade musical;

e) Rigor rítmico/melódico;

f) Género da canção apresentada, tendo em consideração o seu conteúdo, inserção no meio infantil e objetivos gerais da realização;

g) Performance.

5° – Cada jurado votará da seguinte forma:

A pontuação máxima é de 12 pontos, segunda melhor 10, terceira 8, quarta 7 e as restantes 5 pontos.

Artigo 6°

(Prémios)

1. Serão atribuídos os seguintes prémios:

  1.   ORIGINAIS

ESCALÃO INFANTIL

1º Classificado

2º Classificado

Melhor Letra

Melhor Música

Melhor Interpretação

ESCALÃO JUVENIL

1º Classificado

2º Classificado

Melhor Letra

Melhor Música

Melhor Interpretação

  •    VERSÕES

   ESCALÃO INFANTIL

  1º Classificado

  2º Classificado

  ESCALÃO JUVENIL

  1º Classificado

  2º Classificado

Artigo 7°

(Direitos de Autor)

1 – As canções, nomeadamente Música e Letra, a interpretar devem ser adequadas ao espírito do evento ( no que se refere aos originais)

2 – Os participantes do Festival e respetivos autores da letra e música das canções apresentadas aceitam tacitamente no ato da inscrição, a sua divulgação nos Órgãos de Comunicação Social, nomeadamente na rádio e na televisão, e a gravação do Festival sem que destas situações possam exigir quaisquer direitos.

3 – À Comissão Organizadora reserva-se o direito de proceder à edição sob qualquer suporte.

Artigo 8°

(Informações Gerais)

1 – As canções originais deverão enquadrar-se no universo infantil e cantadas em português.

2 – Cada interpretação deverá incidir somente na performance vocal e corporal do participante, não sendo permitida a execução de qualquer outro instrumento musical pelo mesmo.

4 – Todos os candidatos selecionados ficam obrigados a comparecer ao ensaio geral, no dia final e de acordo com o horário estipulado pela comissão organizadora.

5 – Todo o material enviado respeitante às canções que forem selecionadas será arquivado. O material não selecionado será devolvido integralmente ao seu autor, caso este o solicite. A falta de algum dos elementos requeridos para a candidatura poderá implicar a exclusão na fase de pré-seleção.

6 – Não é permitido aos participantes apresentarem, no Festival, roupas ou objetos que possam constituir publicidade direta ou indireta, à exceção de sponsors do evento.

Artigo 9°

(Publicidade)

1° – À Junta de Freguesia de Valongo e à Pódium D’Emoções fica reservado o direito de utilização das imagens e sons do evento.

2° – A divulgação do Festival será efetuada através da rádio, imprensa local, entre outros suportes de comunicação.

Artigo 10°

(Encargos)

1° – A Comissão Organizadora não se responsabiliza por quaisquer danos patrimoniais ou morais sofridos pelos participantes durante o decurso do Festival ou em atos a ele inerentes, por conduta que não seja imputável a culpa da Organização do Festival.

Artigo 11°

(Reclamações)

Sendo difícil ter conhecimento de todas as canções criadas, qualquer reclamação sobre plágio ou similar deverá ser apresentada à organização até 1 hora antes do festival.

Artigo 11°

(Casos Omissos)

Todos os casos omissos ou de interpretação duvidosa serão resolvidos pela Comissão

Organizadora do Festival, podendo mesmo esta alterar a qualquer momento a calendarização que se segue.

Calendarização

Entrega das candidaturas até: 24 de julho

Comunicação dos apurados: até ao dia 31 de julho

Pré-seleção (caso se justifique) 14 de agosto 16h

Ensaio geral – dia 14 de agosto às 18h

Festival – dia 14 de agosto às 21h30

Mais esclarecimentos: Direção do Festival 932041387