Reunião entre Câmaras e operadores de transportes amanhã em Valongo

As câmaras de Valongo, Gondomar e Paredes vão reunir esta quinta-feira com cinco operadores privados de transporte rodoviário. A agenda tem como ponto único o concurso para a concessão do serviço público de transporte rodoviário de passageiros.

O convite, enviado via e-mail, foi enviado à Associação Nacional de Transportadores Rodoviários de Pesados de Passageiros e às empresas Auto Viação Landim, Valpi, Albano Esteves Martins & Filhos, Gondomarense e Auto Viação Pacense.

A sessão está marcada para esta quinta-feira em Valongo.

Recorde-se que em causa o concurso para a concessão do serviço público de transporte rodoviário de passageiros, um tema que os três autarcas, de Gondomar, Valongo e Paredes, já tinham levantado no Conselho Metropolitano que decorreu em 25 de janeiro, ocasião em que admitiram não integrar o concurso da Área Metropolitana do Porto (AMP).

Esta tomada de posição surgiu depois de a Câmara Municipal do Porto ter anunciado que as linhas de operadores privados de transportes públicos ficam impedidas de entrar no centro do Porto (Bolhão), deixando os passageiros na estação de metro do estádio do Dragão, uma decisão que esta manhã não estava a ser cumprida, com os autocarros a continuarem viagem até à Baixa portuense.

Em respostas remetidas à Lusa, duas empresas privadas argumentaram que não se trata de um incumprimento, mas sim de respeitar a atual licença, atirando a responsabilidade para a AMP, cujo presidente, Eduardo Vítor Rodrigues, apontou que “vai receber os operadores decorrente de um pedido de reunião da ANTROP e vai comunicar as decisões da Câmara do Porto”.

Hoje, questionado pela agência Lusa sobre a reunião e convite aos operadores privados, o presidente da Câmara de Gondomar apenas revelou que “se trata de uma sessão para discutir futuros passos”.

“É uma reunião para avaliar se vamos ou não isoladamente ao concurso dos transportes. No Conselho Metropolitano dissemos que tínhamos dúvidas sofre o concurso. Esta reunião é o próximo passo”, disse Marco Martins.

Já o presidente da Câmara de Valongo, José Manuel Ribeiro, remeteu para depois da sessão de quinta-feira quaisquer esclarecimentos adicionais.

Também hoje, a propósito da polémica que a transferência de términos do Bolhão para o Dragão tem causado, Eduardo Vítor Rodrigues falou em “processo lento”, admitindo que “encontrar consensos nunca foi fácil e rápido”.

Be the first to comment on "Reunião entre Câmaras e operadores de transportes amanhã em Valongo"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.