PSP detém em Gondomar autor de variados roubos

O Dispositivo da Polícia de Segurança Pública do Comando Metropolitano do Porto, através da Divisão de Investigação Criminal, desencadeou durante o dia de ontem uma operação policial no âmbito do combate aos crimes contra o património que têm vindo a ocorrer na área metropolitana do Porto.

A investigação visou um indivíduo que se dedicava à prática reiterada de furto de veículo automóvel, furto no interior de veículo, furto no interior de estabelecimento comercial, furto no interior de garagem e burla.

Tendo em consideração que a tipologia criminal em questão afeta, de forma muito significativa, valores socialmente relevantes, foi encetado um esforço de ação policial no sentido de fazer cessar a conduta criminal, através da detenção do autor dos ilícitos em foco, apreensão de meios de prova, assim como a recuperação de material furtado.

Da operação policial desenvolvida que incluiu a realização de uma busca domiciliária em Gondomar, resultou então a detenção do referido homem de 30 anos, desempregado e residente naquele concelho.

Foi apreendido diverso material utilizado na prática dos ilícitos criminais acima referenciados e ainda diversas chaves e documentos de viaturas. O suspeito em questão encontrava-se indiciado pelas autoridades pela prática de mais de uma dezena e meia de ilícitos contra o património, no período compreendido entre o mês de outubro de 2018 e janeiro de 2019.

No passado dia 28 de dezembro, na cidade do Porto, agentes policiais haviam intercetado e detido o desempregado no interior de um estabelecimento de comercialização de automóveis, impedindo o furto de
um veículo automóvel que ali se encontrava e a recuperação de uma outra viatura, que, no dia anterior, havia sido subtraída, do interior de outro concessionário automóvel.

De referir ainda a sua detenção no dia 31 de dezembro, no interior de uma garagem coletiva em Rio Tinto, no âmbito do combate à prática do crime de furto no interior de automóvel.

Saliente-se igualmente a recuperação de um veículo automóvel, ligeiro de mercadorias, que havia sido furtado em Espanha e utilizado pelo desempregado na prática de um furto num estabelecimento comercial
localizado em Rio Tinto.

O detido, é, hoje, presente junto das Autoridades Judiciárias para aplicação da competente medida de coação.