PCP defende retoma da linha da CP Ermesinde-Leixões e STCP em Sobrado

A Direcção da Organização Regional do Porto do PCP tem em marcha a campanha “Direito à Mobilidade – Defender os Transportes Públicos”.
Esta campanha, que começou no passado dia 21 no Porto e decorre até esta quinta feira, percorre todo o distrito e ontem foi o concelho de Valongo o escolhido para o contacto com a população.
O PCP avança com propostas no sentido da eliminação das portagens na A28, A29, A4, A41 e A42, para a expansão do Metro do Porto, para a criação do Andante – passe social intermodal, para os STCP como operador interno de toda a Área Metropolitana do Porto, a reabertura da linha de Leixões-Ermesinde, pelo reforço da EMEF.
O direito à mobilidade é fundamental para as populações e para a economia do Distrito e do Concelho, e que uma rede de transportes públicos articulada, que assegure a ligação a serviços públicos, entre os vários concelhos, com horários e frequências adequadas às necessidades das populações, a preços justos, é necessária.
Não deixando de apresentar propostas para toda a Área Metropolitana, os militantes comunistas de Valongo aproveitaram para reforçar a necessidade de ser retomada a linha de Leixoes-Ermesinde, da eliminação das portagens na A41 e A42, bem como a preocupação  de a freguesia de Sobrado ser a única freguesia do concelho sem serviço da STCP.