Ministro inaugurou Centro de Cidadania Digital

Depois das localidades de Marvila e São Domingos de Benfica, no concelho de Lisboa foi a vez de Ermesinde, no concelho de Valongo inaugurar, na terça-feira 23 de abril, um Centro de Cidadania Digital.

O espaço situa-se no edifício Faria Sampaio (ao lado da Loja do Cidadão) e o espaço resulta de uma parceria entre a Câmara Municipal de Valongo e o CDI Portugal, uma organização não governamental de inclusão social e inovação digital. Está aberto a todos os cidadãos que, através da tecnologia, queiram participar de forma ativa na resolução de desafios, como o desemprego e a inclusão social e digital, com uma atenção especial aos jovens.
“Num mundo em constante mudança, é fundamental capacitar todos os cidadãos para os desafios que se colocam no futuro, tornando-os social e digitalmente integrados e, nesse sentido, mais autónomos, participativos e qualificados”, salienta a propósito João Baracho, diretor executivo do CDI Portugal.

Na inauguração, antes dos discurso houve tempo para a apresentação de projetos e diagnósticos, por parte de alunos do concelho de Valongo e não só.

O presidente da Câmara de Valongo, José Manuel Ribeiro, afirmou pretender a abertura de outro espaço similar na sede do concelho, uma vez que, disse “estes projetos são importantes porque têm impacto social”.

Quando ao ministro da Educação, defendeu a importância das tecnologias e da cidadania plena. “Todos têm ideias que podem ser aproveitadas”, referiu Tiago Brandão Rodrigues, que dialogou com os jovens presentes, aconselhando-os a defenderem as suas ideias e a apontar caminhos.