Carlos Basto – Bloco de Esquerda- Candidato à Junta de Alfena

Porque devem os Alfenenses votar na lista do bloco de esquerda nas próximas eleições autárquicas?
As políticas seguidas pelos vários executivos revelaram durante muitos anos, por falta de coragem política, conivência com as políticas do Município e ainda a incapacidade de se mobilizar e mobilizar os seus cidadãos para as suas justas reivindicações., tornando esta freguesia o parente pobre do concelho, com graves consequências para os Alfenenses.
É nossa prioridade é combater a pobreza e as práticas assistencialistas, a caridade como regra, e não exceção assim como todos os atos e formas discriminatórias, impedindo a progressão das desigualdades e a estigmatização de pessoas. Comprometemo-nos a lutar e contribuir decisivamente para fazer de Alfena, uma freguesia onde as pessoas se sintam bem. Uma cidade onde se respeite o ambiente, onde os serviços da saúde, de educação, do desporto, dos transportes e habitação, sirvam a população e satisfaçam as suas necessidades.
Uma das funções da lista do bloco de esquerda á junta de freguesia de Alfena, no que respeita à educação, é tudo fazer e lutar para que os alunos, os professores e restante pessoal tenham as melhores condições possíveis para uma aprendizagem eficaz. A localização e as acessibilidades, Serão uma das razões pela perda de alunos por estas escolas, dado que encontrarem em locais de difícil acesso e sem transportes públicos que as sirvam. Assim, iremos intervir ativamente na junta de freguesia, no sentido de alterar este estado de coisas.
Há muitos anos que o Bloco de Esquerda exige, a construção do novo centro de saúde para Alfena tendo, inclusivamente, levado o problema à Assembleia da Republica. Até hoje nada foi feito, foi recentemente anunciado o lançamento da primeira pedra para a sua construção. Enquanto eleitos pelo Bloco de esquerda á junta, seremos intransigentes e estaremos vigilante para que o anúncio feito pelo Município não passe de pedras lançadas em época eleitoral.
Atendendo aos problemas de caráter habitacional e social propomos-mos a criação de uma equipa multidisciplinar que faça um levantamento das carências habitacionais da freguesia, nomeadamente a necessidade de obras nos bairros sociais, exigindo da Câmara a sua concretização. Também no que se refere às necessidades sociais das famílias, nomeadamente as pessoas mais vulneráveis, como as crianças e idosos, faremos tudo o que nos for possível para identificar os casos e atuar de forma politica e responsável e promover a sua resolução e a integração social dessas pessoas.
Uma das nossas prioridades, será trabalhar com outras forças politica de forma a trazer a politica para a rua, onde a população possa participar ativamente com as suas ideias na criação de espaços públicos e poder vir desta forma a desfrutar do acesso à cultura, onde os artistas possam trabalhar e expor os seus trabalhos, os eleitos pelo Bloco de Esquerda iram intervir e pressionar de forma construtiva e persistente a assembleia de freguesia para exigir á Câmara, lembrando esta, que Alfena é a única freguesia do concelho que não tem um pavilhão desportivo municipal, para o apoio ao desenvolvimento das práticas desportivas. Para esse facto não abdicaremos da exigência desta infraestrutura desportiva, há muito reclamada pela população local.
Os transportes públicos serão outra das nossas prioridades, estes na freguesia de Alfena, resumem-se praticamente ao eixo central e à parte baixa da cidade. A necessidade das pessoas, vai muito para alem desta centralidade, que priva os habitantes dos bairros sociais e de outros aglomerados populacionais.
Enquanto eleitos pelo bloco de esquerda, tudo faremos, para que assembleia de freguesia de Alfena se junte às autarquias do concelho, assim como a outros municípios onde este rio passa e também com outras entidades interessadas na sua limpeza, despoluição e recuperação quer do seu leito quer das suas margens. É na cidade de Alfena que o Rio Leça tem a sua maior extensão, no concelho de Valongo. Este facto dá uma maior responsabilidade a estes órgãos autárquico,