Confraria organizou concurso de rabanadas

A Confraria do Pão, da Regueifa e do Biscoito de Valongo, organizou este domingo, dia 25, o primeira concurso da Rabanada.

O evento contou com o apoio da Junta de Freguesia de Ermesinde e decorreu nas instalações desta autarquia. Contou com a animação do grupo de Cavaquinhos da Associação Académica e Cultural de Ermesinde e foram 27 as rabanadas concorrentes, confecionadas por particulares e estabelecimentos.

O juri foi presidido pelo conhecido chef, Hélio Loureiro, confrade honorário da Confraria do Pão, da Regueifa e do Biscoito e os três primeiros classificados foram: 1º lugar: Maria Palmira Barbosa (Pão Quente Sousa); 2º Lugar: Confeitaria Glorinha e 3º lugar: Maria Amélia Pereira. Todas estas participantes são de Ermesinde.

Em declarações ao Jornal Novo Regional, o chef Hélio Loureiro referiu ser importante lutar para manter as tradições e louvou esta iniciativa. Sobre a qualidade das rabanadas, disse que todas elas foram bem confecionadas com pequenas alterações que fazem a diferença.

Neste evento houve ainda tempo para uma tertúlia sobre o pão de Valongo com Margarida Sousa a moderar e José Manuel Pereira e Manuel Dias a abordarem diferentes aspectos deste produto tão marcante no concelho.

Na abertura, Rosa Maria Rocha, padeira-mor da Confraria, falou de mais esta organização da Confraria e louvou a participação de todos os concorrentes, agradecendo à junta de freguesia, a colaboração. João Morgado, presidente da Junta de Ermesinde, salientou ter aderido logo à iniciativa da confraria uma vez que “se trata de uma boa promoção de um produto ligado ao pão”.

 

Na foto: ao centro o chef Hélio Loureiro entrega o primeiro prémio à vencedora.