Deputada do PCP em Alfena contra portagens

O PCP vai apresentar, de novo, um projecto para a eliminação das portagens na A41, A42, A28 e A29.
Esta segunda feira, numa das várias acções feitas no distrito, o PCP contactou com a população em Alfena, que apoiou a iniciativa.
A acção contou com Diana Ferreira, deputada do PCP na Assembleia da República e de eleitos da CDU no concelho de Valongo.
A eleita defendeu a eliminação das portagens em toda a extensão das scuts na Área Metropolitana do Porto, para que seja reposta a normalidade.
Diana Ferreira falava numa iniciativa destinada a chamar a atenção para a necessidade da retirada dos pórticos na ex-Scuts (vias anteriormente sem custos para o utilizador) e também para divulgar o projeto de resolução do PCP sobre esta matéria.
A deputada referiu esperar que o projeto seja votado ainda este mês.
Diana Ferreira frisou que o que se pretende é “a revogação dos pórticos, a retirada das portagens em toda a extensão destas ex-scuts da AMP, e, naturalmente, que seja reposta a normalidade de circulação que existia antes de 2010 quando foram introduzidas portagens”.
“Isto responde aquilo que é o sentimento de maior prejuízo sentido pelas populações do distrito”, afirmou.
Para o PCP, “é evidente que a introdução de portagens significou um retrocesso e teve impactos gravíssimos na economia e nas condições de vida das populações, confirmando os alertas que se fizeram na altura”.
“A introdução de portagens nas ex-Scuts tornou pior a mobilidade, aumentou as injustiças, fez disparar o encerramento de empresas e o desemprego, com consequências evidentes no agravamento da situação social, com o aumento da pobreza”, acrescentou.

 

foto CDU