Moradores de Alfena debatem problemas da cidade

Um denominado “Movimento Sentir Alfena” de moradores da cidade de Alfena debatem, no dia 16 de março de 2018, sexta feira, pelas 21:30 horas, os problemas estruturais da cidade. Será na Casa das Associações e serão abordados vários assuntos, entre eles: as portagens na A41; O corte da EN 105 com obras na ponte de Cabeda que demorariam 150 dias e já vão em quase 280 dias, que têm provocado danos patrimoniais no comércio, dificultado e isolado as populações de Cabeda e Reguengo (freguesia de Alfena), o acesso à estação de Cabeda, obrigando a um desvio de 3 km pelo hospital de Alfena, provocando filas incomensuráveis; A falta de acesso à Escola Secundária de Alfena, no que toca a transportes públicos, obrigando os alunos a fazer km a pé carregados de livros, e a subir o monte da Costa, a pique.

Também a  necessidade de reestruturação das linhas da STCP e da construção do Nó do Lombelho na A41, no qual apenas faltam os acessos, pois o resto já está construído, serão assuntos a abordar.

Na nota enviada, é referido que para esta reunião foram convidados os autarcas da freguesia de Alfena e da Câmara de Valongo.